quinta-feira, 4 de fevereiro de 2016

BLOGDOROCHA: A GAVETA DO LUTHIER ROCHINHA

BLOGDOROCHA: A GAVETA DO LUTHIER ROCHINHA: * Paulo Mamulengo Há quantas coisas guardadas Em tão pequeno recanto Coisas que por seus porquanto Foram ainda assim ficaram São coi...

BLOGDOROCHA: NOS TRILHOS DOS BONDES DE MANAUS

BLOGDOROCHA: NOS TRILHOS DOS BONDES DE MANAUS: Os coroas da minha geração, quando querem chamar alguém de velho, gostam de dizer o seguinte: - Tu já morcegou bonde, de montão e, ain...

segunda-feira, 1 de fevereiro de 2016

BLOGDOROCHA: A CASA DO TRABALHADOR DO AMAZONAS (CTA)

BLOGDOROCHA: A CASA DO TRABALHADOR DO AMAZONAS (CTA): Quem passa pela Rua  Marcílio  Dias, no centro histórico de Manaus, em direção ao antigo Hotel Amazonas, depara-se com o prédio de nume...

BLOGDOROCHA: CASA CANAVARRO

BLOGDOROCHA: CASA CANAVARRO: Na semana passada, dei um pulo “lá pelas bandas do Mercadão” (expressão utilizada pelos manauaras quando se refere às imediações do Mer...

sábado, 30 de janeiro de 2016

MANAUS 1956 – PARTE I


Em homenagem a um grupo de amigos, que em sua mocidade pertenciam a Juventude Franciscana do Amazonas (JUFRAMA), da paroquia de São Sebastião, fiz pesquisas em jornais datados de 1956 (ano de nascimento da maioria deles), para fazer doze postagens, uma em cada mês de 2016 (se Deus quiser), mostrando os principais acontecimentos daquele ano.


Janeiro de 1956:

  • ·         Novos Rumos para o Brasil – Juscelino e Jango assumem hoje a Presidência e Vice-Presidência da República.

Assumem os seus postos dentro de um clima de apreensões e anseios de um povo que aspira paz e a tranquilidade, livre de emboscadas sinistras. Que Deus, em que o povo brasileiro confia solenemente, os ilumine nesta hora crucial para todos nós, apontando-lhes o caminho reto, da Justiça, da Humanidade, do Trabalho e da Harmonia.

  • ·         A Diretoria do Instituto “Christus” do Amazonas tem o prazer de comunicar as Exmas famílias que pediram reserva de matriculas, àqueles que desejam matriculas e aos pais dos nossos alunos do ano passado, que estão reabertas as matriculas do nosso estabelecimento, para o ano de 1956.


  • ·         Teatro Cultural Para Crianças – Magnífica realização de um grupo de abnegados para difundir a nobre arte de Thalia no seio da sociedade amazonense. Todos os movimentos que visam o desenvolvimento cultural do nosso povo, devem ser encarados como grandes realizações, cujos resultados serão mais tarde devidamente reconhecidos pelas gerações que lhes  auferem  as vantagens culturais, elevando o índice de cultura popular a um plano mais elevado. As responsabilidades ficam a cargo de quatro paladinos do nosso teatro: Danilo Silva, Reginaldo Xavier, Américo Alvarez e Alfredo Fonseca.


  • ·         Comercial: Dr. Avelino Pereira – Exames, tratamentos das doenças e operações dos olhos, ouvido, nariz e garganta. Consultório: Av. Sete de Setembro, 913 (Altos da Papelaria Velho Lino). Residência: Av. Leonardo Malcher, 742



  • ·         Criticas ao Material Japonês a Ser Adquirida Pelo Governo Para Construção da Estada Manaus-Itacoatiara. Máquinas do Japão – o Sr. Monteiro, representando da COMARSA, fez algumas restrições quanto a garantia e solidez do maquinário japonês, salientando que o conceito de tradição fora totalmente esquecido pelo governo do Estado. O Sr. Emidio Vaz D´Oliveira, representante da industria japonesa,  contestou as restrições. O Governador Plínio Coelho afirmou que confiava no material e na empresa japonesa.


  • ·         Tragédia, Drama, Farsa e Comédia – A Vida Como Ela É – Escreve: Nelson Rodrigues. O Marido Desempregado. O Vadio. Nome de Mulher.  


  • ·         Inaugurado o Novo Pavilhão da Colônia Eduardo Ribeiro – Destinado a Psicopatia Para Mulheres.


  • ·         O Povo Opina Sobre o Primeiro Ano de Governo do Dr. Plinio Coelho. Em que pese as dificuldades encontradas pelo Governo, temos que aplaudir os atos emanados do Dr. Plínio Coelho, que com honestidade e a sinceridade que o caracteriza, procurou dar ao povo o que prometera na sua plataforma de quando candidato (Deputado Xenofantes Antony). 


  • ·         Comercial: Viaje para o Rio de Janeiro, São Paulo, Belo Horizonte, Fortaleza, São Luiz, Belém...., pelo “LÓIDE AÉREO”, pagando 25%  a menos que nos “Constellations”.


  • ·         A Inflação Inutilizará o Novo Salário Mínimo.


  • ·         Comercial: Viaje Agora, Pague Depois...CREDI-PANAIR, novo e revolucionário plano de vendas que lhe permite realizar pessoalmente o seus negócios ou levar sua família em férias. Para maiores detalhes, consulte a CREDI-PANAIR, na Rua Guilherme Moreira, 312, Telefone 2719.


  • ·         Duas Máquinas Paradas (Sob Revisão) Dificulta o Fornecimento de Luz a Cidade.


  • ·         Darclei de Paula – Rainha dos Estudantes Secundaristas do Amazonas.


  • ·         Grande Firma do Mato Grosso Pretende Adquirir 120.000 quilos de Guaraná em Pó do Amazonas.


  • ·         Flaviano Limongi está de viagem, pelo “Constellation” de hoje, para o Rio de Janeiro, onde vai gozar de suas merecidas férias. Ele é conhecido como “Artilheiro” das rodas esportivas de Manaus.


  • ·         Vibrou a População de Maués Com a Posse do Novo Prefeito – Realizou-se dia 18 do corrente, a cerimônia de posse do novo prefeito de Maués, senhor Vinicius Conrado, por entre o júbilo da população local segundo se depreende do telegrama que recebemos do nosso representante naquele município.


  • ·         Uma Firma do Pará Venceu a Concorrência Para Construção da Estrada Manaus-Itacoatiara.


  • ·         Serão Empossados Hoje Os Novos Dirigentes da Associação Médica – Reunir-se-á hoje, no edifício IAPETEC, a Assembléia Geral da Associação Médica, sob a direção do Dr. Djalma Batista.


  • ·         Amanhã – FESTA DA MOCIDADE – Amanha – Raul Duval (Grande cantor de Tangos) – Malena (Notável Bailarina) – Roberto Carú (Grande Bandoonista) - MACUMBA EM LUZ NEGRA – Dezenas de Figurantes – Ingressos na DIFUSORA.


  • ·         CARTAZ DO DIA: Cine Avenida (Tela Panorâmica) – A Espada dos Mosqueteiros. Cine Guarany (Tela Panorâmica) – Flamengo X Bangu/Escravo de Si Mesmo/A Carrocinha. Cine Vitória (Tela Panorâmica) – As Três Perfeitas Casadas. Cine Ideal – A Orquídea. Cinema Odeon (Ar Condicionado) – Lua de Mel Agitada. Cine Politeama – O Circo da Morte. Cine Eden – Areias Ardentes/O Circo da Morte. Cine Popular – Um Homem e Dez Destinos.


  • ·         Instituto Montessoriano Alvaro Maia - Matriculas Para 1956 – Para crianças surdas, segas e mudas, amblíopes, meio surdas, débeis mentais, aleijadas, paraliticas. André Araújo, Supervisor.


  • ·         Artigo: Blefe ou Fiasco em Nova Olinda? João Malato.


  • ·         Envolvidas em Contrabando de Pau-Rosa Duas Firmas de Manaus – Foi descoberto nos escombros do navio “Veloz” da Booth Line, abalroado no Rio Negro, próximo a Manaus, sensacional contrabando de pau-rosa, que foi despachado, nesta cidade, como sendo Copaíba.


  • ·         Primeiro Grito de Carnaval no Parque 10 – Tem ambiente agradável, uma orquestra bacana, bebidas super finas  e uma alegria soberana.


  • ·         As Casas de Panificação Estão Em Falta Com a Legislação Que Regula a Produção e Comércio dos Gêneros de Consumo Publico – Declarou o professor Bastos Lira, perante a CPI.


  • ·         Grace Kelly Vai Salvar o Principado de Mônaco.


  • ·         Congelar Vencimentos Por quê? Barnabé Não É Bode Expiatório Nem Tem Vocação Para Fakir!


  • ·         Entupiram o Poço Pioneiro de Petróleo de Nova Olinda.


  • ·         Esporte: Rio Negro e Nacional – Iniciado o Returno do Basquetebol. Ken Norris O Herói da São Silvestre – Flamengo, o Campeão com Toda Justiça do Internacional. A Seleção Brasileira do Ano de 55.


Meus agradecimentos a Diretoria da Biblioteca Pública do Amazonas, pelo deferimento do meu requerimento, autorizando o manuseio e fotografias dos jornais que circularam em Manaus, sessenta anos atrás. Abraços a todos. É isso ai.


Fonte: Jornal A Crítica 

quarta-feira, 27 de janeiro de 2016

BLOGDOROCHA: O QUINTAL DO DURAU

BLOGDOROCHA: O QUINTAL DO DURAU

No final dos anos 50, iníco do...
: O QUINTAL DO DURAU No final dos anos 50, iníco dos 60 existia um terreno bastante amplo na Rua Igarapé de Manaus, entre as ruas Lauro Caval...

terça-feira, 26 de janeiro de 2016

BLOGDOROCHA: O RÁDIO A VÁLVULAS

BLOGDOROCHA: O RÁDIO A VÁLVULAS: O aparelho de radiodifusão, o popular rádio, foi uns dos meios de comunicação que fez muito sucesso em décadas passadas, pois era o úni...

segunda-feira, 25 de janeiro de 2016

quarta-feira, 20 de janeiro de 2016

O BADALAR DOS SINOS DA IGREJA DE SÃO SEBASTIÃO DE MANAUS.


Durante longos e longos anos, desde a minha juventude, ouço o badalar dos sinos da igreja de São Sebastião, algumas pessoas dizem que ele possui toda uma significação, então, vamos procurar entendê-los.

Dispara em quinze e quinze minutos, com um som mais forte significando as horas e, um mais fraco para a quinzena de minutos – por utilizar a forma PM (12/12 horas), uma abreviatura de post meridiem, o mais longo é exatamente às 12h45min, com doze fortes e três fracos.

Sempre estou transitando pelo Largo de São Sebastião, observo que os turistas ficam surpresos com o badalar dos sinos, pois juntamente com o Teatro Amazonas, a Praça de São Sebastião e pelo Largo, aquele som dar um encanto todo especial ao local.


A igreja possui apenas um sineiro com quatro sinos, dizem que o outro nunca fora construído em decorrência da verba ter acabado antes da entrega das obras, outros, falam que, o mestre de obra fugiu com a grana e, alguns afirmam que ele vinha da Europa e afundou num navio – não sei qual é a versão correta, mas, fico a imaginar se a igreja tivesse as duas torres, com dois sineiros, a história seria outra, com oito sinos a badalar dia e noite.

Este sinal sonoro era utilizado, antigamente, para alertar as pessoas que moravam nas proximidades da igreja e que não possuíam relógios, podendo, dessa forma se programarem em suas rotinas diárias e, para assistirem às missas dentro dos horários estabelecidos pela igreja.

Sou da segunda metade da década de cinquenta, quando a cidade de Manaus ainda era pacata, com pouca gente nas ruas, um reduzido numero de automóveis, da época quando ainda dava para se ouvir o apito de um guarda noturno, a sirene de uma fábrica chamando os seus funcionários e, por um raio muito grande, o badalar dos sinos da Igreja de São Sebastião – quando nasci, no Hospital da Santa Casa de Misericórdia, a minha saudosa mãezinha, a dona Nely Fernandes, falou-me certa vez que, quando eu estava vindo ao mundo, estavam batendo os sinos, anunciando às doze horas e quinze minutos da madrugada.

Ao meio-dia dispara as doze badaladas, em seguida, toca um pequeno trecho de uma música especial, este horário é especial para os católicos, pois é a hora de orar e agradecer pelo alimento que estar à mesa - a mesma coisa acontece às seis da tarde, quando inicia a noite, a hora de jantar e, os católicos se benzem e fazem uma oração em homenagem a Nossa Senhora, a mãe de Jesus Cristo.

Aos domingos, por ser o “Dia do Senhor” para os católicos e, por ser uma tradição assistir às missas bem cedo pela manhã, o badalar é alto e bem ritmado - por ser um dia calmo e tranquilo, é possível ouvi-lo num raio bem maior, provocando um conforto espiritual muito grande na comunidade católica – este badalar dominical é comum em todas as igrejas, tanto nas catedrais das capitais, como nas capelas das pequenas cidades do interior.

Quando é exatamente quinze para as seis da tarde, solta um ensurdecedor badalar, chamando os fiéis para a santa missa do início da noite.

Certa vez, estava em companhia de um amigo, o publicitário Luiz Carlos, conversando em uma mesa do Bar do Armando, quanto toca o seu telefone celular, notou que era a sua esposa e, foi logo mentindo: - Tudo bem, meu amor! Estou bem aqui no bairro do Coroado, acabando de fechar aquele negócio! Neste momento, dispararam os sinos da igreja, pois eram 05h45min e, a esposa logo desconfiou: - Fechando negócio no Coroado, conta outra, estou ouvindo neste momento os sinos da igreja de São Sebastião, você está é bebendo no Armando! Sem argumentos, pois fora entregue pelos badalar dos sinos, o jeito foi ouvir bem caladinho, os ralhos da patroa.

Quando alguém muito importante da cidade falece, bem como, com o suspiro final de algum membro da congregação dos padres capuchinhos, o badalar é diferente, um tanto fúnebre, com toques do sino durante todo o dia – no dia em que faleceu o Armando Soares, proprietário do Bar do Armando, os padres fizeram uma homenagem a ele, com os sinos anunciando a sua passagem para o andar de cima.

Passou o tempo em que ficava sempre alguém de plantão para tocar o sino, hoje, tudo é baseado em uma programação de computadores, disparando os badalos sempre no horário certo – na minha juventude e de muitos manauaras que curtiram esta cidade, tínhamos um gosto todo especial em subir a torre da igreja e ajudar nas badaladas do sino, principalmente, quando era o dia de homenagem a São Sebastião.

Hoje, é o dia do nosso padroeiro,o santo guerreiro da igreja católica – que batam os badalos dos sinos da Igreja de São Sebastião de Manaus! É isso ai.

Fotografias: J Martins Rocha

quinta-feira, 14 de janeiro de 2016

14 DE JANEIRO – Uma data que ficou para a história


Em 1892, houve uma revolta popular que culminou com a derrubada do governador Gregório Thaumaturgo de Azevedo – muitos anos depois, em 1970, aconteceu uma explosão de uma caldeira da Santa Casa de Misericórdia – são dois acontecimentos que ficaram para a história da nossa cidade.

No primeiro acontecimento, a data marcou o nascimento do bairro Praça 14 de Janeiro e, no segundo, a mudança do Bar Nossa Senhora dos Milagres, para Bar Caldeira. 

“Bate, bate forte batuqueiro/o samba na 14 é de janeiro a janeiro” esse é o samba de concentração do GRES Vitória Régia, uma escola do bairro considerado “o berço do samba de Manaus”.

Na época da revolta popular, o governador foi derrubado e, em seu lugar, veio o negro maranhense, o Eduardo Ribeiro, um incentivador da vinda das famílias negras maranhenses para povoar aquele bairro – tornando, atualmente, o segundo Quilombo Urbano do Brasil.

Tive o privilegio de conhecer o Nestor Nascimento, meu amigo de longas datas, fundador do Movimento Alma Negra – por eu ser filho de um afro-descendente, sinto-me muito bem identificado com o bairro, sua história e sua gente.

No segundo acontecimento, o estabelecimento foi fundado em 1963, por um casal de origem lusitana, com o nome de “Bar Nossa Senhora dos Milagres”, em homenagem a uma santa de madeira que foi encontrada boiando no mar, no século XVI, na Ilha do Corvo, em Açores (Portugal). 

O boteco ficou famoso, tornando-se um reduto de políticos, empresários, funcionários públicos, poetas, músicos, escritores e trabalhadores do centro de Manaus. 

Em 14 de Janeiro de 1970 houve uma explosão da caldeira do Hospital da Santa Casa de Misericórdia e, por um milagre, nenhum frequentador foi atingindo pelos destroços - a partir dessa data, o bar passou a ser conhecido em toda Manaus, como Bar Caldeira. 

Com a aposentadoria dos antigos administradores, a nova administração (Carbajal Gomes) institui o aniversário do Bar Caldeira, em 14 de Janeiro; contratou músicos e cantores amazonenses para se apresentarem de terça a sábado, ficando o domingo com “a prata da casa”.

Elaborou também uma vasta programação de eventos durante todo o ano; buscou preservar a “alma” do bar, tornando-o mais atraente e humano; fez a “Calçada da Fama”, com placas homenageando os ilustres cantores que ali passaram: Silvio Caldas, Jairzinho, Vinicius de Moraes, Jamelão e Kátia Maria (a primeira mulher a frequentar o Bar) - alugou também um casarão antigo que fica ao lado Bar Caldeira, dotado de banheiros masculinos e femininos, cozinha certificada onde são preparados tira-gostos e comidas “self service” e espaço climatizado para eventos musicais, culturais e encontros da “velha guarda”. 

O Bar Caldeira por ter recebido a ilustre visita do cantor, compositor e poeta Vinicius de Moraes, onde deixou um bilhete e várias fotografias para a posterioridade, passou a ser conhecido pelos mais jovens e pelos cariocas que visitam ou moram na cidade de Manaus, como “O Bar do Vinicius de Moraes em Manaus”.

O Bar Caldeira, juntamente com outros dois bares tradicionais de Manaus, por iniciativa do Deputado Estadual Bosco Saraiva, tornou-se Patrimônio Cultural e Imaterial de Manaus. 

Sou frequentador assíduo desse bar, além de pesquisar e escrever sobre a sua memória, em decorrência disso, faço parte da sua história.

Uma mesma data em anos muitos diferentes, porém, será festejada por toda eternidade, pois fazem parte da história da nossa cidade Manaus. Parabéns!

terça-feira, 12 de janeiro de 2016

OS TRILHOS E O BONDES DE NOSSA MANAUS ANTIGA


Era assim o cruzamento da Avenida Eduardo Ribeiro com a Rua Dez de Julho, aparecendo os trilhos, um bonde e duas senhoras, além do nosso majestoso Teatro Amazonas. Depois de anos escondidos debaixo de camadas de asfalto, esse trecho voltará a aparecer novamente. Que bom! Isso é parte da nossa história.


Comentários
Mauro Magalhães Desculpe Jose Rocha, mas discordo frontalmente disso. Mas respeito opinião acima de tudo. Abração. Sem palavras.
DescurtirResponder15 min

Jose Rocha Respeito também a tua opinião. Sou um cara que sempre incentivei a revitalização do centro antigo de Manaus e, todo trabalho nesse sentido, terá o meu apoio. Depois de entregue, passa por lá e faz um comentário, pois acredito que o amigo mudará de opinião. Abraços
CurtirResponder12 min

Mauro Magalhães OK farei isso. Sou de opinião que o nosso centro é muito difícil de transitar, principalmente a Eduardo Ribeiro, daí minha posição contrária. Mas VC está certo. Devo esperar, ver como ficou e emitir uma opinião mais concreta. Espero estar errado. Sem palavras

400 ANOS DA CIDADE BELÉM (PARÁ)


Em 12 de janeiro de 1616, o Capitão Francisco Caldeira Castelo Branco, fundou o Forte do Presépio – a povoação ao seu redor foi, inicialmente, denominada  de Feliz Lusitânia, mudando sucessivamente para Santa Maria do Grão-Pará, Santa Maria de Belém do Grão-Pará, até a atual Belém.

Em seus 400 anos de história, a cidade de Belém viveu momentos de plenitude, como o período áureo da borracha, quando recebeu famílias europeias eu influenciaram grandemente a arquitetura das edificações locais, sendo conhecida como Paris n´América.

Atualmente, apesar de cosmopolita e moderna em vários aspectos,  não perdeu o ar tradicional das fachadas dos casarões, igrejas e capelas do período colonial.

Parabéns aos paraenses que moram em Manaus!

Fonte: Wikipedia
Foto colagem: Rocha


sábado, 9 de janeiro de 2016

BLOGDOROCHA: O CÃO DAS PASTORINHAS DO LUSO

BLOGDOROCHA: O CÃO DAS PASTORINHAS DO LUSO: Para quem está abaixo dos quarenta anos de idade e, não viveu em Manaus até o início da década de setenta, necessário se faz definir, mais p...

BLOGDOROCHA: ANTIGO OBELISCO EM HOMENAGEM A ABERTURA DO RIO AMA...

BLOGDOROCHA: ANTIGO OBELISCO EM HOMENAGEM A ABERTURA DO RIO AMA...: A fotografia acima mostra a antiga cidade de Manaus, retratando onde é hoje o famoso Largo de São Sebastião – o que mais chama a atenção é...

BLOGDOROCHA: ÁLVARO REIS PÁSCOA

BLOGDOROCHA: ÁLVARO REIS PÁSCOA: * Luciane Barros Viana Páscoa A obra - Dentre as suas obras pictóricas, destaca-se o painel “As Forças Armadas e a Integração da Amazônia”(...

BLOGDOROCHA: A VITROLA NIVICO HI-FI DA DONA DIVA

BLOGDOROCHA: A VITROLA NIVICO HI-FI DA DONA DIVA: Nos anos sessenta, na Rua Igarapé de Manaus, sem numero, existia uma moradora, a Dona Diva - ela tinha um equipamento moderno e caro...

BLOGDOROCHA: AI QUE SAUDADES DO MEU FUSQUINHA

BLOGDOROCHA: AI QUE SAUDADES DO MEU FUSQUINHA:   Comecei a paquerar o meu fusca no ano de 1976, consegui casar em 1979 e, separei em 1989, foram 10 anos de uma bela convivência. ...

quarta-feira, 30 de dezembro de 2015

O MÍNIMO DOS MÍNIMOS



Segundo dados do Censo de 2010 do IBGE, mais de 115 milhões dos brasileiros vivem com menos de um salário mínimo (60% da população brasileira) – para aqueles “felizardos” que irão ganhar R$ 880,00 por mês a partir de sexta-feira, devem fazer o famoso “jogo de cintura” para poder sobreviver (permanecer vivo e continuar vivendo).

Segundo determinação constitucional, o salário mínimo deve ser suficiente para suprir as despesas de um trabalhador e sua família com alimentação, moradia, saúde, educação, vestuário, higiene, transporte, lazer e previdência - um trabalho elaborado, em maio de 2014, pelo DIEESE (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos), o SM para a família brasileira deveria ter sido de aproximadamente TRÊS MIL REAIS!

Somente para efeito de comparação, nos Estados Unidos da América, o mínimo é pago por hora trabalhada, sendo possível ganhar por mês a quantia aproximada de SETE MIL REAIS - mais do dobro do valor elaborado pelo DIEESE!

Como não estamos nos Estados Unidos, o jeito é o trabalhador fazer horas extras e bicos após o expediente e nos finais de semana, pois não existe mágica para render e atender as suas necessidades com o SM brasileiro.

Para aqueles que não vivem na casa dos pais ou parentes, somente com o aluguel de uma quitinete e o pagamento de água e luz (moradia) consome uns quinhentos reais. O resto fica prejudicado!

O ministro do Trabalho e Previdência Social, Miguel Rossetto, disse, nesta terça-feira (29) que o reajuste de R$ 92,00 no SM “Significa ampliação de mercado, qualidade de vida, desenvolvimento econômico a partir da ampliação dessa renda na dinamização da economia brasileira" – falou bonito, mas, não foi digerido pelos trabalhadores que irão ganhar R$ 880,00 – o ministro está feliz, afinal, ele ganha 34 mil reais somente de salário!

Agora, imaginem a situação daqueles milhões de brasileiros que estão desempregados, sem nem os R$ 880,00 para receber! É Triste!

Comentários no Facebook:


Comments
Ulisses Filho Marques
Ulisses Filho Marques Só o aluguel de um casa simples é R$800,00.

Passagem de ônibus por mês é R$120,00.
E agora, estamos é. ...

Descurtir · Responder · 1 · 7 h
Roberto Carvalho
Roberto Carvalho Fodidos!
Descurtir · Responder · 1 · 3 h
Jose Rocha

Jose Rocha Roberto Carvalho e meio!

Bepi Cyrino Salário mínimo é base de referência, não significa que tem que ser pago o mínimo.
DescurtirResponder16 h
Jose Rocha Quem paga o máximo? Cada categoria possui um piso salarial , conforme o acordo coletivo - os empresários pagam em decorrência da "pressão" dos Sindicatos!

segunda-feira, 28 de dezembro de 2015

BLOGDOROCHA: WALDICK SORIANO, UM ÍDOLO EM MANAUS.

BLOGDOROCHA: WALDICK SORIANO, UM ÍDOLO EM MANAUS.: Um baiano que ficou famoso na paulicéia desvairada e, foi ídolo de uma geração na manô de mil contrastes, cantando e encantando multidã...

sexta-feira, 18 de dezembro de 2015

PRÉDIO ANTIGO REVITALIZADO

ANTES - Abandonado



                                                           DEPOIS - Revitalizado


Este prédio data de 1912, da nossa Manaus da Belle Époque (expressão francesa que significa Bela Época), pertenceu, talvez, a algum riquíssimo seringalista, pois é belo e majestoso e fica na principal artéria da parte antiga, a Avenida Eduardo Ribeiro. Ficou durante anos abandonado - na parte térrea funcionava o Bar Castelinho, reduto dos roqueiros e biriteiros do centro. Depois, a Secretaria de Cultura do Amazonas (SEC), adquiriu o imóvel e o deixou "novinho em folha". Que Bom!
Fotos: José Rocha